Veja também

terça-feira, 25 de julho de 2017

ROTINA DE UMA FAMÍLIA FELIZ


Em pé, ela lavava a louça após um dia difícil. Olhava-o atrás de uma enorme pilha de papéis que parecia não ter fim. A memória vagava por dias em que os sorrisos vinham fáceis, leves, como chuva que refresca em um dia quente de verão.

ACHO QUE ELA NÃO MORREU


A morte é apenas o começo de uma nova existência 

(RE)COMEÇO

Com a alma pura 
Eu respiro por nós 
Sustento em pé, por cima 
Do solo que nos trata. 

Impotente. Como uma pipa a vagar 

Uma flor que nasce no mar 
Sigo apaixonada como Yara 
Me jogo no lago
Depois de até pela lua ser... Iludida. 

Eu tô cansada.

Movimente a relva parada
Que você lutou para permanecer viva
Olhe as formigas preservando, 
E não desista. 

Bom seria se o caminho 

Estivesse explícito 
Quem sabe eu teria reconhecido
O melhor que está por vir
A flor que há de florir.

O seu sorriso tá lindo

Mas cuida pra não escurecer
Reluz o amor
Que em cada semente fez nascer. 

Repetidas vezes as folhas caem 

Para que outra vida nasça
E tome o lugar de paz
Que te fez bem
Seu gesto imaturo me lembra alguém

Juntamente com esse coração

Vazio, incrédulo e solitário
Eu permaneço esquecida nas lembranças 
Daquele seu antigo armário 

Prazer, lembra de mim? 

O começo que você prometeu 
Não ter fim. 

Meus pêsames à ingenuidade

Que se perdeu. 
Hoje suplico a você 
Que já me pertenceu.

Rogo para que me veja 

Nesse profundo matagal.
Ouça minha voz 
Nesse obscuro temporal.

Estou aqui por ti. 

Que me enterrou só pra florir. 
Daqui de dentro 
Meu ar é de perdão. 

Por todas as vezes que te iludi. 

Que aos maus olhos
O sucesso não obteve. 

Ah, caso tenha esquecido meu nome. 

Me chamo Poesia 
A própria que você jurou que 
Dentro de você existia. 

A ti jurei fôlego de vida 

Jurei sonhos a cada renascer 
E você mesmo sem tudo de mim. 
Conseguiu e consegue sobreviver. 

Enfim, sabe de uma coisa: 

Eu estou orgulhosa de você.⁠⁠⁠⁠


Por Júlia Araújo

MÚMIAS ALIENÍGENAS DE NAZCA - O MUNDO SOMBRIO DR. NIXAS

BOA NOITE

BOA NOITE